Ferramentas do usuário

Ferramentas do site


so:filas_de_mensagens

Filas de mensagens

Explicação no YouTube ;-)

Uma fila de mensagens é uma estrutura usada pelas tarefas para comunicação através de troca de mensagens de tamanho fixo. Cada fila pode armazenar até N mensagens de tamanho fixo, respeitando uma política de acesso FIFO.

O acesso à fila é bloqueante, ou seja, uma tarefa que tenta enviar uma mensagem a uma fila cheia terá de esperar até que surjam vagas na fila; uma tarefa que deseja receber mensagens de uma fila vazia terá de esperar até que uma mensagem esteja disponível nessa fila.

As funções a implementar são descritas a seguir.

Cria uma fila de mensagens

int mqueue_create (mqueue_t *queue, int max_msgs, int msg_size)

Inicializa a fila de mensagens apontada por queue, com capacidade para receber até max_msgs mensagens de tamanho msg_size bytes cada, inicialmente vazia. Retorna 0 em caso de sucesso e -1 em caso de erro.

Exemplo: criar uma fila para guardar até 100 números de tipo double:

mqueue_t fila1 ;
 
if ( mqueue_create (&fila1, 100, sizeof (double)) )
{
   printf ("Erro na criação da fila\n") ;
   exit (1) ;
}

Envia uma mensagem para a fila

int mqueue_send (mqueue_t *queue, void *msg)

Envia a mensagem apontada por msg para o fim da fila queue; esta chamada é bloqueante: caso a fila esteja cheia, a tarefa corrente é suspensa até que o envio possa ser feito. O ponteiro msg aponta para um buffer contendo a mensagem a enviar, que deve ser copiada para dentro da fila. Retorna 0 em caso de sucesso e -1 em caso de erro.

Sugestão: copie a mensagem do buffer para a fila (ou vice-versa) usando funções C como bcopy ou memcpy.

Exemplo: Enviar o valor de uma variável para a fila fila1:

double pi = 3.1415926535897932 ;
 
if ( mqueue_send (&fila1, &pi) )
{
   printf ("Erro ao enviar mensagem\n") ;
   exit (1) ;
}

Recebe uma mensagem da fila

int mqueue_recv (mqueue_t *queue, void *msg)

Recebe uma mensagem do início da fila queue e a deposita no buffer apontado por msg; esta chamada é bloqueante: caso a fila esteja vazia, a tarefa corrente é suspensa até que a recepção possa ser feita. O ponteiro msg aponta para um buffer que irá receber a mensagem. Retorna 0 em caso de sucesso e -1 em caso de erro.

Exemplo: Receber uma mensagem da fila fila1 e colocar seu valor na variável buf:

double buf ;
 
if ( mqueue_recv (&fila1, &buf) )
{
  printf ("Erro ao receber mensagem\n") ;
  exit (1) ;
}
else
{
  printf ("Recebi o valor %lf\n", buf) ;
}

Encerra uma fila

int mqueue_destroy (mqueue_t *queue)

Encerra a fila de mensagens indicada por queue, destruindo seu conteúdo e liberando todas as tarefas que esperam mensagens dela (essas tarefas devem retornar das suas respectivas chamadas com valor de retorno -1). Retorna 0 em caso de sucesso e -1 em caso de erro.

Número de mensagens

int mqueue_msgs (mqueue_t *queue)

Informa o número de mensagens presentes na fila indicada por queue. Retorna 0 ou +N em caso de sucesso e -1 em caso de erro.

Observações:

Filas de mensagens são na verdade buffers limitados acessados por tarefas que produzem e consomem mensagens. O código do sistema produtor/consumidor é um bom ponto de partida para implementar as funções mqueue_send e mqueue_recv.

As filas de mensagens devem ser genéricas em relação aos tipos de mensagens suportadas. Em outras palavras, a implementação deve suportar o envio de qualquer tipo de dado de tamanho conhecido, não sendo restrita a um tipo ou dois. O buffer interno da fila pode ser implementado com uma estrutura de buffer circular.

Seu código deverá funcionar com este programa de teste e deverá gerar um resultado similar a este. A figura abaixo representa graficamente esse programa de teste:

Produtor/somador/consumidor

Outras informações

so/filas_de_mensagens.txt · Última modificação: 2016/11/26 14:11 por maziero