Ferramentas do usuário

Ferramentas do site


so:contabilizacao

Contabilização de tarefas

Você irá adicionar mecanismos para contabilizar o uso do processador pelas tarefas em execução. Sua implementação deve produzir uma mensagem de saída com o seguinte formato, para cada tarefa que finaliza (incluindo o próprio dispatcher):

Task 17 exit: execution time 4955 ms, processor time 925 ms, 171 activations

Cálculo dos tempos

A figura abaixo ilustra a execução de uma determinada tarefa, de sua criação (task_create) ao seu encerramento (task_exit). As áreas em verde indicam o uso do processador. É fácil perceber como os valores de contabilização podem ser calculados:

Para a contabilização você precisará de uma referência de tempo (um relógio). Para isso, pode ser definida uma variável global para contar ticks de relógio, incrementada a cada interrupção do temporizador (1 ms). Dessa forma, essa variável indicará o número de ticks decorridos desde a inicialização do sistema na função ppos_init, ou seja, funcionará como um relógio baseado em milissegundos.

Você deverá implementar uma função para informar às tarefas o valor corrente do relógio:

unsigned int systime () ;

Códigos de teste

  • Teste 1 (saída esperada), sem usar prioridades. Neste exemplo, as tarefas devem concluir juntas, com consumo de processador e número de ativações similares.
  • Teste 2 (saída esperada), usando prioridades. Neste exemplo, as tarefas devem concluir em instantes bem distintos, mas com consumo de processador e número de ativações similares (pois a carga computacional delas é a mesma).

Outras informações

so/contabilizacao.txt · Última modificação: 2016/07/20 18:53 por maziero