Tipos enumerados

Video desta aula

https://www.publicdomainpictures.net/pt/view-image.php?image=161413&picture=numeros-educacionais-para-criancas-posteEnumerações, ou tipos enumerados, são tipos de dados definidos pelo programador. Uma variável de tipo enumerado pode assumir um valor dentre um conjunto fixo de valores possíveis previamente definido.

Um tipo enumerado é visto como um caso especial de tipo inteiro. Variáveis de tipos enumerados são implementadas pelo compilador usando valores inteiros, mas isso é transparente para o programador.

Um exemplo simples de declaração de tipo enumerado:

// definição do tipo enumerado
enum Color_t { BLACK, BLUE, GREEN, RED, YELLOW, WHITE } ;
 
// declaração de variável do tipo enum Color_t
enum Color_t c1;

A definição do tipo enumerado também pode ser feita usando typedef:

typedef enum { BLACK, BLUE, GREEN, RED, YELLOW, WHITE } Color_t ;
 
Color_t c1;

Variáveis enumeradas podem ser usadas como variáveis inteiras:

// atribuição
c1 = GREEN ;
 
// uso
if (c1 == RED) { ... }
 
// os valores enumerados têm uma ordem definida
if (c1 >= BLUE && c1 <= YELLOW)  { ... }
 
// variáveis enumeradas podem ser incrementadas
c1 = BLACK ;
while (c1 <= WHITE)
{
  ...
  c1++ ;
}
 
// um laço for enumerado
for (c1 = BLACK; c1 <= WHITE; c1++)
{
  ...
}

Por default, o primeiro valor de um tipo enumerado vale 0 (zero), o segundo valor vale 1 e assim por diante. Esses valores podem ser alterados se isso for conveniente:

typedef enum {
  BLACK = 1,
  BLUE,
  GREEN,
  RED = 10,
  YELLOW,
  WHITE
} Color_t ;

Os valores inteiros associados à enumeração são:

valor simbólico valor original valor com atribuição
BLACK 0 1
BLUE 1 2
GREEN 2 3
RED 3 10
YELLOW 4 11
WHITE 5 12

Tipos enumerados podem ser usados para tornar o código mais legível e também diminuir erros devidos a valores imprevistos em variáveis. Um exemplo clássico de uso de tipos enumerados é a definição de um tipo booleano em C:

typedef enum
{
  FALSE = 0,
  False = 0,
  false = 0,
  TRUE  = 1,
  True  = 1,
  true  = 1
} bool_t ;
 
bool_t flag ;

Internamente, um tipo enumerado é representado por um inteiro, os valores simbólicos (WHITE, RED, …) são descartados durante a compilação. Por isso, não é possível imprimir o valor simbólico diretamente, apenas seus valores internos:

print_enum.c
#include <stdio.h>
 
// tipo "Cor"
typedef enum { BLACK, BLUE, GREEN, RED, YELLOW, WHITE } Color_t ;
 
int main () 
{
  Color_t c1;
 
  // ...
  c1 = BLUE ;
 
  printf ("Cor %s\n", c1) ;    // errado!
  printf ("Cor %d\n", c1) ;    // correto!
}

Uma forma simples de contornar esse problema consiste em usar um vetor de nomes:

color-array.c
#include <stdio.h>
 
// tipo "Cor"
typedef enum { BLACK, BLUE, GREEN, RED, YELLOW, WHITE } Color_t ;
 
// nome das cores
char *color_name[] = {"black", "blue", "green", "red", "yellow", "white" } ;
 
int main () 
{
  Color_t c1;
 
  // ...
  c1 = BLUE ;
 
  printf ("Cor %s\n", color_name[c1]) ;
}

A solução acima só funciona se a enumeração usar os valores numéricos default (0, 1, 2, 3, …).

Uma solução mais robusta consiste em usar uma estrutura switch:

color-switch.c
#include <stdio.h>
 
// tipo "Cor"
typedef enum { BLACK, BLUE, GREEN, RED, YELLOW, WHITE } Color_t ;
 
// define o nome da cor
char* color_name (Color_t c)
{
  switch (c)
  {
    case BLACK   : return ("black")  ;
    case BLUE    : return ("blue")   ;
    case GREEN   : return ("green")  ;
    case RED     : return ("red")    ;
    case YELLOW  : return ("yellow") ;
    case WHITE   : return ("white")  ;
    default      : return ("") ;
  }
}
 
int main () 
{
  Color_t c1;
 
  // ...
  c1 = BLUE ;
 
  printf ("Cor %s\n", color_name(c1)) ;
}
  1. Escreva um programa em C capaz de classificar os alunos de uma determinada matéria de acordo com sua situação. O programa deve ser capaz de:
    1. Ler os dados do aluno referentes a sua nota na disciplina e sua frequência.
    2. Classificar o aluno pelas enumerações Aprovado, Exame Final ou Reprovado de acordo com os dados obtidos.
  2. Escreva um programa em C capaz de receber um número e classificá-lo, por meio de tipos enumerados, entre número par ou impar; positivo, negativo ou zero; palíndromo ou não-palíndromo; múltiplo de 10 ou não múltiplo;
  3. Escreva um programa em C que leia uma determinada sequência de caracteres, que seja capaz de classificar cada um deles entre letra, pontuação e caractere especial e guarde os dados em uma estrutura. Para o caso de letras, o programa deve ainda classificá-las, por meio de enumerações, entre maiúsculas e minúsculas; vogais e consoantes.