Fotomosaico

Video deste projeto

https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Photomosaic_WLM2014_Winner.png

Um fotomosaico ou mosaico fotográfico é uma fotografia construída a partir de imagens menores, ou “pastilhas” (do inglês tiles). As pastilhas são escolhidas de forma a reproduzir a cor e intensidade luminosa do bloco da imagem original correspondente, gerando um efeito visual muito interessante.

Para facilitar a leitura e escrita dos arquivos de imagem, neste projeto será adotado o formato de imagem Portable PixMap (PPM), um formato de imagem colorida bem simples e fácil de ler/escrever. Boa parte dos programas de tratamento de imagens reconhece o formato PPM.

A estrutura básica de um arquivo PPM é bem simples:

TYPE                    (tipo de imagem: P3 ou P6, vide abaixo)
WIDTH HEIGHT            (largura e altura da imagem em pixels)
MAX                     (valor máximo de cada cor)
R0 G0 B0 R1 G1 B1 ...   (valores Red/Green/Blue de cada pixel, entre 0 e MAX)

Existem duas variantes do formato PPM: PPM ascii (P3) e PPM binary (P6); ambas devem ser tratadas neste projeto. Mais detalhes sobre essas variantes podem ser obtidas nesta página.

Um exemplo de imagem PPM ascii (P3):

flower.ppm
P3
# this is a comment
10 10
255
255 255 255 255 255 255 255 255 255 255 255 255 255 254 254 255 254 254 255 254 254 255 255 255 255 255 255 255 255 255 
255 255 255 255 255 255 255 255 255 238 215 214 218 145 145 213 120 119 241 224 224 254 253 253 255 255 255 255 255 255 
255 255 255 255 255 255 236 209 209 217 60 59 219 52 53 222 56 56 215 56 55 229 184 183 255 254 254 255 255 255 
255 255 255 255 254 254 209 103 103 224 54 55 239 96 47 236 86 46 228 58 57 213 126 126 255 254 254 255 255 255 
255 255 255 255 255 255 209 93 93 228 55 56 240 120 41 238 99 44 229 59 59 213 123 123 255 254 254 255 255 255 
255 255 255 255 255 255 217 151 151 220 53 52 233 60 59 225 53 53 218 57 57 230 191 191 255 254 254 255 255 255 
255 255 255 255 255 255 250 246 245 208 183 158 200 94 84 181 123 94 201 165 133 229 234 203 255 255 255 255 255 255 
255 255 255 255 255 255 253 253 251 192 210 139 127 169 65 122 166 64 156 186 87 229 236 204 255 255 255 255 255 255 
255 255 255 255 255 255 255 255 255 254 254 253 172 200 141 201 220 182 254 254 253 255 255 255 255 255 255 255 255 255 
255 255 255 255 255 255 255 255 255 255 255 255 250 251 248 253 254 253 255 255 255 255 255 255 255 255 255 255 255 255 

Você pode usar as imagens que quiser neste projeto. Para perceber melhor o efeito de mosaico, use imagens de grandes dimensões (acima de 3000 pixels de largura). Para gerá-las, pode usar qualquer editor de imagens que ofereça a possibilidade de “salvar como” PPM. No Linux, os softwares Gimp e GThumb oferecem essa opção.

Construir um programa em C99 que leia uma imagem de entrada em formato PPM e gere como saída essa mesma imagem convertida em mosaico, no mesmo formato e dimensões da imagem de entrada, usando as pastilhas disponíveis em um diretório informado.

A estratégia básica de composição do mosaico é simples:

  1. Consideram-se pastilhas quadradas com N×N pixels (o programa deve descobrir N e se ajustar a ele)
  2. Percorrer o diretório informado e carregar todas as pastilhas.
  3. Para cada pastilha, calcular sua cor predominante.
  4. Abrir/carregar imagem de entrada (PPM raw ou ascii).
  5. Para cada bloco de N×N pixels da imagem de entrada:
    1. Calcular a cor predominante do bloco: [ Rmed Gmed Bmed ].
    2. Substituir o bloco pela pastilha que tenha a cor predominante mais próxima.
  6. Salvar a imagem de saída no mesmo formato da imagem de entrada (PPM raw ou ascii).

A cor predominante de um bloco pode ser calculada pela média simples das componentes RGB dos pixels que compõem esse bloco. Alguns autores sugerem, no entanto, usar a raiz quadrada da média dos quadrados das componentes RGB para obter um resultado mais preciso. A mediana das componentes RGB também pode trazer bons resultados.

A distância entre duas cores A = [ RA GA BA ] e B = [ RB GB BB ] é relativamente complexa de calcular, pois as cores não se comportam de forma linear para os olhos humanos. Uma fórmula simplificada de cálculo é a distância Red Mean, descrita nesta página.

$ mosaico [ -p diretório ] [ -i arquivo ] [ -o arquivo ]

Opções:

  • A opção -i indica a imagem de entrada; se não for informada, assume-se a entrada padrão (stdin).
  • A opção -o indica a imagem de saída; se não for informada, assume-se a saída padrão (stdout).
  • A opção -p indica o diretório de pastilhas; se não for informada, assume-se o diretório ./tiles/.
  • :NEW: A opção -h gera uma mensagem de ajuda na saída de erro (/stderr), explicando o que o programa faz e quais as opções disponíveis.
  • Todas as mensagens de erro devem ser enviadas para a saída de erro (stderr).

Essas opções podem ser usadas em qualquer ordem:

// entrada e saída em arquivos
mosaico -i input.ppm  -o output.ppm
mosaico -o output.ppm -i input.ppm

// entrada em arquivo, saída em stdout, vice-versa ou ambos
mosaico -i input.ppm  > output.ppm
mosaico -o output.ppm < input.ppm
mosaico <  input.ppm  > output.ppm

// as opções podem estar em qualquer ordem
mosaico -p /tmp/tiles -i input.ppm -o output.ppm
mosaico -i input.ppm -p /tmp/tiles -o output.ppm
mosaico -o output.ppm -i input.ppm -p /tmp/tiles

:NEW: O programa deve indicar sua atividade (em stderr):

Reading tiles from ./tiles
1419 tiles read
Tile size is 20x20
Calculating tiles' average colors
Reading input image
Input image is PPM P3, 3000x4496 pixels
Building mosaic image
Writing output file
  • O executável deve se chamar mosaico.
  • O programa deve aceitar como entrada uma imagem no formato PPM (P3 e P6, plain e raw) e gerar como saída uma imagem no mesmo formato e dimensões da entrada: se entrar uma imagem PPM raw deve sair uma imagem PPM raw e vice-versa.
  • As pastilhas a usar para a construção do mosaico são imagens em formato PPM fornecidas pelo professor e colocadas em um diretório separado (por default ./tiles/).
  • Sempre que possível, as informações da imagem necessárias às funções devem ser transferidas como parâmetros (por valor ou por referência, dependendo da situação); o uso de variáveis globais deve ser minimizado.
  • Use structs e alocação dinâmica de memória para todas as imagens; só aloque a memória para os pixels após encontrar o tamanho da imagem.
  • Construir um Makefile para o projeto:
    • Ao menos os alvos all (default), clean e purge.
    • CFLAGS = -Wall
    • Compilar e ligar separadamente (gerar os arquivos-objeto intermediários)
  • O que deve ser entregue ao professor:
    • código-fonte
    • Makefile
    • Por favor, não envie as imagens de teste! m(

Para carregar as pastilhas, você terá de percorrer o diretório de pastilhas, encontrar os nomes de todos os arquivos e ler as imagens contidas neles. Existem funções específicas em C para manipular diretórios, que são descritas nesta página.

Não use funções como system() e popen() para varrer o diretório de pastilhas usando comandos do shell. Lançar processos externos é uma abordagem ineficiente e incorreta de proceder neste caso, pois existem funções apropriadas para resolver o problema dentro da própria linguagem.

Coleções de pastilhas prontas para uso:

Para os curiosos, o procedimento que usei para a construção dessas coleções de pastilhas foi o seguinte:

  1. Limpar o cache do navegador web (usei o Firefox).
  2. Fazer uma ou mais buscas no Google Images com o tema de interesse (por exemplo “flower”); deslizar várias páginas na busca, para carregar bem o cache com as miniaturas das imagens.
  3. Copiar os arquivos do cache do navegador (em $HOME/.mozilla/…/cache/) para um diretório separado e remover os que não forem imagens ou não forem relacionados ao tema de interesse.
  4. Converter as imagens para formato PPM (raw ou ascii), ajustando ao tamanho desejado (32×32 neste exemplo) e cortando os excessos para ficarem quadradas (o comando mogrify faz parte do pacote ImageMagick):
    $ mogrify -format ppm -thumbnail 32x32^ -gravity center -extent 32x32 *
  5. Para obter imagens em formato PPM ASCII, adicionar os flags -compress none

Fonte: https://superuser.com/questions/275476/square-thumbnails-with-imagemagick-convert