Ferramentas do usuário

Ferramentas do site


prog2:colossal_cave

Colossal Cave

Colossal Cave é considerado o precursor dos jogos de aventura. Ele foi criado por Will Crowther em 1976, inspirado nas Mammoth Caves, no Kentucky, USA. Ele foi ampliado por Don Woods em 1977 e depois portado para vários sistemas operacionais.

Descrição do jogo

A ideia central do jogo é explorar uma caverna misteriosa que pode conter tesouros. A interação é feita em modo texto, com comandos simples e descrições dos ambientes por onde o jogador passa. O jogador pode se deslocar entre ambientes, coletar itens e interagir com objetos, por exemplo.

Um exemplo de diálogo do jogo (a saída do jogo está em maiúsculas; o comando do usuário em minúsculas):

YOU ARE STANDING AT THE END OF A ROAD BEFORE A SMALL BRICK BUILDING.
AROUND YOU IS A FOREST.  A SMALL STREAM FLOWS OUT OF THE BUILDING AND
DOWN A GULLY.

go south

YOU ARE IN A VALLEY IN THE FOREST BESIDE A STREAM TUMBLING ALONG A
ROCKY BED.

O objetivo final do jogo é atingir a pontuação máxima (350 pontos), o que corresponde a encontrar todos os tesouros e sair da caverna com vida.

Atividade

  • Baixar o jogo para alguma plataforma e experimentá-lo, para entender sua dinâmica. No Linux, o pacote bsdgames traz o comando adventure, que implementa uma versão desse jogo.
  • Implementar o jogo em C no Linux.

Requisitos

  • Ler os arquivos do jogo original (em Fortran) contendo as descrições dos diálogos, dos comandos, dos itens e da caverna em si.
  • Implementar a lógica do jogo o mais fielmente possível
  • Ser escrito em C padrão C99
    • não gerar warnings ao usar flags -Wall
    • o executável deve se chamar mycc (de “my Colossal Cave”)
  • Ser estruturado em vários arquivos, separando as funcionalidades
  • Ter um Makefile:
    • alvos all, clean e purge
    • compilação e ligação devem ser separadas

Material de apoio

prog2/colossal_cave.txt · Última modificação: 2019/04/09 13:25 por maziero